Acesse sua conta !

A Enchente de 41 lançado no Prefácio ao Vivo

Autor_sem_foto Editado pela Libretos com financiamento do Fumproarte, o livro A Enchente de 41 foi lançado no dia 23 de março, durante o Prefácio ao vivo, que reuniu o autor Rafael Guimaraens e o jornalista Arthur de Farias, no Teatro Renascença/Centro Municipal de Cultura. A atividade promovida pela Coordenação do Livro da Secretaria Municipal da Cultura abriu as comemorações do 237 o. aniversário de Porto Alegre. Rafael Guimaraens falou sobre a enchente e a relação da cidade com o Guaíba, enquanto Arthur de Farias mostrava gravações que marcaram aquela época, enquanto fotos e filmes sobre a enchente eram projetados em um telão.

Após, foi realizada a sessão de autógrafos no saguão do Centro Municipal de Cultura. Muitas pessoas remanescentes daquela época acompanharam a programação bastante emocionadas, incluindo o fotógrafo João Alberto Fonseca da Silva, que documentou a catástrofe. Muitas de suas fotos fazem parte do livro.

A Enchente de 41 retrata o maior drama da história de Porto Alegre, quando as águas do Guaíba atingiram 4,76 de altura, desabrigando 70 mil pessoas e inundando mais de 600 estabelecimentos comerciais. Em função da enchente, trinta anos depois foi construído o polêmico muro da Mauá, que separa o centro a cidade do cais do porto.



{vmproduct:id=76}


Aguas do Guaiba

neve
sobe-desce
video_prev
ass1 ass2 ass3