PALÁCIO DAS ARTES

Inaugurada em 2008, em um terreno cedido pelo Governo do Estado no início do bairro Cristal, às margens do Guaíba, a sede da Fundação Iberê Camargo faz jus a um dos maiores nomes da pintura gaúcha. Descoberto pelo escritor Moyses Vellinho, na década de 1940, Iberê ganha projeção ao cursar a Escola Nacional de Belas Artes. Os carretéis de costura serão uma marca importante em seu trabalho. Em 1966, pinta o painel da Organização Mundial da Saúde, em Genebra. Iberê morre aos 80 anos, em 1994. Sua viúva, Maria, institui uma fundação para catalogar a sua obra. O prédio, projetado pelo arquiteto português Álvaro Siza, vence o Prêmio de Leão de Ouro, na Bienal de Veneza. O visitante é orientado a percorrer as nove salas de exposição de cima para baixo, através das rampas laterais. As pequenas aberturas junto às rampas fornecem enquadramentos perfeitos de paisagens do Guaíba.

Marco Nedeff

Marco Nedeff