Acesse sua conta !

A Vaca Transparente A Vaca Transparente
Histórias de Viamão - Histórias do Rio Grande Histórias de Viamão - Histórias do Rio Grande
Um dia de Gato Um dia de Gato
A dama da lagoa A dama da lagoa
DORA DORA
Sopapo Poético Sopapo Poético
A poesia metafísica no Brasil A poesia metafísica no Brasil
Teatro de Arena Teatro de Arena
ROSA, A GATA LIMPEZA ROSA, A GATA LIMPEZA
Memorabilia Memorabilia
Jogo aberto Jogo aberto
Unidos pela Liberdade! Unidos pela Liberdade!
      Saiu no caderno Ilustrada, da Folha de S. Paulo, uma crítica do livro O sargento, o marechal e o faquir de Rafael Guimaraens, clique aqui para acessar a matéria
  folha
   
      Veja como foi o lançamento do livro Receitas da casa das tias, da artista plástica Miriam Tolpolar, que aconteceu no último sábado (20/08) na Palavraria - clique aqui e acesse as fotos  
aDSC 0673  
   
convite miriam  
   
   

    O pré-lançamento aconteceu dia 11/08 hoje na Fundação Ecarta. Com um bate-papo, com o autor e os convidados Carlos Frederico Guazzelli, advogado, coordenador da Comissão Estadual da Verdade/RS (2012-2014) e Suzana Lisbôa, da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos. Para ver mais fotos clique aqui.

 
13901582 762298960579726 1116568575044921543 n  
   
convite Ecarta 11 AGOSTO

     O escritor e jornalista Rafael Guimaraens resgata o "Caso das mãos amarradas", ocorrido durante a Ditadura Militar, em seu novo livro. "O sargento, o marechal e o faquir" (Editora Libretos) aborda o assassinato do sargento Manoel Raymundo Soares, expulso do Exército depois do golpe de 1964.

     O pré-lançamento acontece hoje na Fundação Ecarta (Av João Pessoa, 943). Haverá um bate-papo, às 19 horas, com o autor e os convidados Carlos Frederico Guazzelli, advogado, coordenador da Comissão Estadual da Verdade/RS (2012-2014) e Suzana Lisbôa, da Comissão de Familiares de Mortos e Desaparecidos Políticos.

     Para saber mais sobre o livro clique aqui e acesse o Blog da Libretos.

   
   

      No dia 05 de agosto aconteceu a noite do Livro e foram anunciados os vencedores do Prêmio AGES Livros do ano 2016.

      O livro Nega Lu - Uma dama de barba malfeita de Paulo César Teixeira venceu na categoria não ficção. Outros livros editados pela Libretos ficaram entre os finalistas: Águas do Guaíba de Rafael Guimaraens, com ilustraçãoes de Edgar Vasques e fotos de Marco Nedeff e Ricardo Stricher; L. - novela de mistério de Antonio D. Cattani e Histórias de Viamão de Vitor Ortiz.

     Além disso, outros autores da Libretos concorreram com livros lançados por outras editoras como Breno Camargo Serafini, Léo Gerchmann e Alcy Cheuiche.

Para ver mais fotos clique aqui

 
13925238 759445870865035 704614745613772174 n  
   

    “A trajetória do sargento Manoel Raymundo Soares sempre me fascinou. Filho de mãe solteira, passou uma infância muito pobre em Belém do Pará. Mudou-se para o Rio de Janeiro com o objetivo de servir ao Exército Nacional. Nesta foto, logo após o alistamento, ele tem 19 anos. Autodidata, lia tudo o que lhe caía às mãos e adquiriu gosto pela música clássica. Com apenas 1,55 de altura, valente, politizado e solidário com seus companheiros, tornou-se uma das principais lideranças do movimento dos sargentos por dignidade e em defesa das reformas de base do Governo Jango, durante os primeiros anos da década de 1960. Expulso do Exército, aderiu à resistência armada à ditadura. Foi preso em Porto Alegre, em março de 1966. Brutalmente torturado na Polícia do Exército e do DOPS gaúcho, permaneceu detido ilegalmente durante seis meses na Ilha do Presídio, de onde enviou cartas apaixonadas e gramaticalmente irrepreensíveis à esposa Betinha, denunciando sua prisão ilegal. Em agosto, os órgãos repressivos articulados no clandestino “Dopinha” simularam sua libertação. Na verdade, após nova sessão de torturas, ele seria assassinado. Seu corpo apareceu boiando às margens da Ilha das Flores, com as mãos arramadas às costas. Foi a primeira vítima fatal da ditadura civil-militar. Estou contando essa história, repleta de episódios dramáticos e personagens marcantes, cujo trágico desfecho completa 50 anos, com uma linguagem de romance político-policial no livro “O sargento, o marechal e o faquir”, em breve nas bancas. É um dos trabalhos que mais me gratificaram. Espero que gostem” Rafael Guimaraens/ autor

Para saber mais sobre o livro clique aqui

 
convite Ecarta 11 AGOSTO  
Para comprar o livro em nossa loja virtual clique aqui.  
   

Aguas do Guaiba

neve
sobe-desce
video_prev
ass1 ass2 ass3